domingo, 6 de junho de 2010

Comentários dos visitantes

Por uma lamentável falha técnica, eu havia desativado os comentários dos visitantes.

A partir de agora basta clicar no link COMENTÁRIOS abaixo de cada novo post e deixar sua mensagem.
Críticas, sugestões, correções, elogios...o autor agradece!

Abraços,
Ricardo

10 comentários:

  1. Olá, Ricardo, bom dia.
    Parabéns pela iniciativa de documentar a Revolução de 32. Só uma observação: o postal que aparece as bandeiras de São Paulo e do Mato Grosso existiu porque o Mato Grosso enviou sim tropas para lutar junto com as paulistas, no setor sul: o Batalhão Taunay, de Campo Grande, e um grupamento do 11º RCI, de Ponta Porã.
    O sul do Mato Grosso pretendia se separar do Mato Grosso já havia anos e com a revolução, viu nela uma oportunidade para atingir esse desiderato.
    Assim, eclodindo a revolução, criou-se o Estado de Maracaju (capital Campo Grande) e enviaram-se tropas para lutar nas frentes paulista, como já escrito, e aqui mesmo, para segurarem (no hoje MS) tropas que vinham do norte do Mato Grosso, Goiás, Minas e Paraná, que tentavam fazer um movimento de pinça nas tropas paulistas.
    Houve combates em Coxim, Três Lagoas, Paranaíba, Ladário e Porto Murtinho, sendo que aviões Falcon de São Paulo atuaram nos combates nestas duas últimas cidades.
    Meu avô também lutou na revolução, na frente de Porto Murtinho, junto com as tropas constitucionalistas do 10º RCI, de Bela Vista. Porto Murtinho era a última alternativa para o escoamento da safra paulista e recebimento de mantimentos para a guerra, via bacia do Prata. O combate foi perdido pelos constitucionalistas por falta de munição!
    Um abraço.
    Luiz Eduardo Silva Parreira

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo elgogio ao blog e pela belíssima observação em relação a participação de Mato Grosso na Revolução!
    Que tal você montar um post sobre a participação do seu avô em 32 para colocarmos aqui no blog?
    Quanto mais colaboradores, mais completa fica a história.

    Um abraço,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  3. Blog Maravilhoso
    Achei ele pelo orkut e agora toda semana dou uma olhada para saber mais da história paulista e da Revolução constitucionalista de 32

    ResponderExcluir
  4. O blog é um oásis no meio de um mar de mediocridade que se tornou a internet nos últimos anos. Devia virar livro essa pesquisa!

    ResponderExcluir
  5. Prezado Ricardo
    Voce está nos proporcionando um maravilhoso passeio pela história do nosso glorioso Estado de São Paulo. Parabéns pela iniciativa e obrigado pelo material que nos traz à memória as Glórias vividas pelos Heróis de São Paulo.
    Forte abraço
    Constantino Modesto Mentone
    Cel. Res. PMESP

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelos comentários e incentivo Paulinho, Maria Isabel e Coronel Modesto Mentone.
    Continuem acompanhando o blog, e se for possível ajude a divulgá-lo.
    Um abraço,
    Ricardo

    ResponderExcluir
  7. Pela Lei e Pela Ordem!!!
    Deixo aqui através dessas palavras minha homenagem aos bravos guerreiros que com sangue,suor e a vida escreveram esse capítulo magnífico na história de nosso estado de São Paulo e do BRASIL!!!
    VIVA A REVOLUÇÃO DE 1932!!!

    ResponderExcluir
  8. OLÁ, PARABÉNS PELO TRABALHO ! SOU MINEIRO E INFELIZMENTE CONSTATO QUE O RESTO DO PAÍS NÃO POSSUI A DEVIDA NOÇÃO DO QUE FORAM AQUELES GLORIOSOS DIAS DE 1932 ! UM ESTADO SE INSURGE CONTRA UM PODER DITATORIAL E A FAVOR DE UMA ASSEMBLÉIA CONSTITUINTE... UMA ESTRUTURA DE GUERRA É RAPIDAMENTE FORMADA , A POPULAÇÃO CONCLAMADA À LUTA E ATENDE AO CHAMADO DOANDO OURO, COM O SACRIFÍCIO DAS VIDAS DE SEUS FILHOS ! EMBORA NÃO SENDO PAULISTA , SÓ TENHO A DIZER : "PARABÉNS SÃO PAULO !" (Marco T.Senra,Santa Luzia , MG).

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde seu blog é maravilhoso...

    Tem como saber os nomes dos ex-combatentes?

    Abraços!

    ResponderExcluir
  10. OLA, MEU AMIGO, MINEIRO ANONIMO.ja vi que voce conhese a historia e muito bem, voce e dos nosso UM ABRAÇO Ricci

    ResponderExcluir