sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Brevês da aviação militar brasileira

A aviação militar é um assunto que desperta interesse em muita gente - seja no início da sua história quando só de estar no ar o piloto já demonstrava possuir uma boa dose de coragem, seja em combate nos períodos turbulentos da humanidade ou atualmente com todo aparato tecnológico envolvendo o vôo. O símbolo principal destes destemidos militares é o seu brevê de piloto - a insígnia do uniforme conquistada no final do curso de preparação e que o distingue dos demais como alguém de enorme coragem, habilidade técnica e acima de tudo capacidade combativa.

Trago hoje uma pequena seleção de brevês militares brasileiros, desde a criação da Arma de Aviação Militar nos anos 1920 até os dias de hoje. No início os brevês brasileiros não eram padronizados e seguiam o que era usado na Europa por volta da 1a Guerra Mundial. Segundo pesquisa do TEN CEL PM Ricardo Gambaroni, Comandante do GRPAe da Polícia Militar, os pilotos franceses usavam em seu uniforme todo tipo de águia para representar a aviação militar e uma marca em especial, a Bijou Fix Company fabricava um modelo que era popular entre os pilotos, por ser de tamanho maior. Exatamente este modelo, acabou sendo adotado pela Força Pública paulista como o brevê de piloto e posteriormente também foi usado pela Aviação Militar e Aviação Naval. Abaixo vemos alguns distintivos deste período.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Photobucket

As ilustrações dos estandartes da Aviação Paulista em 1932 e da Aviação Naval da Marinha de Guerra.

Photobucket

Photobucket

Já no final da década de 30 e posteriormente com a criação da Força Aérea Brasileira, os brevês de piloto passaram a ser padronizados - mas não ficaram sem sofrer modificações ao longo dos anos.

Photobucket

Photobucket

O modelo de brevê de 1941 trazia as Armas da República, e anos depois ganhou o listéu com o Estados Unidos do Brasil.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Uma intrigante insígnia baseada no cocar dos aviões da FAB.

Photobucket

Abaixo vemos o brevê de piloto dos águias da Polícia Militar do Estado de São Paulo, cujo desenho foi baseado na insígnia usada pelo Capitão João Negrão do lendário hidroavião Jahú.

Photobucket

Photobucket

3 comentários:

  1. PREZADISSIMO RICARDO, ESSAS AGUIAS SÃO DE ARREPIAR. SÓ POSSO IMAGINAR A ENERGIA QUE CADA UMA DELAS ENCERRA EM SI. ABRAÇO

    ResponderExcluir
  2. A FAB adotou símbolos que antes eram utilizados pelas aeronaves da Aviação Militar (Exército), como o cocar de estrela com o cruzeiro do sul ao centro e o gládio alado. Em fotografias pré-FAB vê-se esses símbolos nas aeronaves da quinta arma do exército (aviação). Já a Marinha adotou um símbolo inspirado nos das forças aéreas da Europa: o cocar redondo, com as cores nacionais.

    ResponderExcluir
  3. Não tem do brevet de observador aéreo?

    ResponderExcluir